quinta-feira, 14 de junho de 2012

Peru: Machu Picchu


Depois de um agradável passeio de trem, chegamos bem tarde em Águas Calientes, uma cidade muito próxima de Machu Picchu. Passamos o pernoite no Inka Town Hotel, que na minha opinião foi o melhor de todos que ficamos no Peru.

IMG_2753IMG_0657

Como no dia seguinte acordaríamos bem cedo (4:30h. da madruga!!!), combinamos com a recepção do hotel deles separarem o nosso café para viagem, já que a mesa não estaria posta nesta hora.

Acordamos naquela empolgação para não perder o busão que nos levaria até a entrada de Machu Picchu. Já que tem muita gente querendo ir e os ônibus pararam uma certa hora de circular, mas nada desesperador porque existem muitos ônibus. Uma horinha de viagem até a entrada da cidade Inca, o caminho dava medo em certos trechos.

IMG_0620
Subida que o ônibus fez até a entrada de Machu Picchu.

No caminho ainda vimos alguns loucos subimos isso tudo a pé, que disposição mermão! No final deu tudo certo, chegamos bem. Bem cedo! O guia chegaria 1 hora e pouco depois, então aproveitamos para entrar na cidade para um passeio inicial.

DSC_0606
Entrada de Machu Picchu.

O medo de não conseguir subir por causa da altitude predominava na galera, subimos em passos de formiga e com várias paradas. A primeira subida de princípio assusta, mas depois você percebe que é não é tão difícil. Depois é só festa, a vista é misteriosa e deslumbrante, seria possível ficar ali imaginando como aquela cidade foi erguida por horas. E no final você chegaria a conclusão que é impossível dizer uma teoria com 100% de certeza.

DSC_0555DSC_0578DSC_0589DSC_0593
Clique na foto para ampliá-la.

O jeito foi bater várias FOTOS, até porque ir a um lugar desse e não registrar é quase um sacrilégio. Voltamos para encontrar com o guia, que no começo fez o mesmo trajeto que a gente, porém, dessa vez com algumas explicações em espanhol. ¬¬

IMG_0528
O guia nos levou para conhecer o restante da cidade, as construções ao fundo desta foto.

São muitos locais que renderam fotos maneiríssimas, inclusive com as lhamas (ou alpacas, nem sei mais). Para vê-las clique no link “FOTOS” acima ou veja pelo slide abaixo.




DSC_0662
Pose com a pedra sagrada, é proibido encostar nela. Para os fracos, é claro! rs

DSC_0672
E logo ao fundo o próximo destino, Hyuana Picchu (o ponto mais alto).

Se subir e passear por Machu Picchu já parecia um desafio, imagine subir o Huayna Picchu. O pico de Huayna Picchu esta por volta de 2.720 metros acima do nível do mar, mesmo sendo o ponto mais alto de Machu Picchu (que está por volta de 2.400 m) ainda é mais baixo que a cidade de Cusco (3.400 metros de altitude).

Mas essa aventura fica para o próximo post…