terça-feira, 29 de novembro de 2011

Barcelona-Um obra de Gaudí

 

Parc Guell

É um imenso parque com uma vista “fodástica” para a cidade, é a antiga residência do arquiteto catalão Antoni Gaudí, que foi quem projetou o parque. Leia mais sobre o parque AQUI.

 

DSC02105DSC02109

Visite o site oficial.

 

Logo na entrada do parque, subindo as escadarias fica a Salamandra de Gaudí, símbolo das obras do arquiteto, é facilmente encontrada em vários tamanhos em qualquer loja de souvenir. Bati algumas FOTOS do parque, show!

 

DSC02115DSC02158

 

O Gaudí é uma referência em Barcelona, o maluco é “pika das galáxias”! As obras do cara são simplesmente fantásticas. Fiquei tão fascinado que no dia seguinte, 24-jul-2011, aproveitei o dia inteiro para visitar as principais arquiteturas dele.

 

Casa Batlló

Maior intervenção arquitetônica nos prédios residenciais do Paiseig de Gràcia. O lugar é simplesmente irado, em todo o prédio não se encontra uma única reta em sua construção.

 

DSC02223DSC02237

Visite o site oficial.

 

Durante a visita pode-se escutar a explicação de cada canto da casa, um passeio imperdível. Não deixe de pesquisar mais sobre a Casa Batlló e ver as FOTOS.

 

La Pedrera

Também conhecida por Casa Milà, é outra obra residencial de Gaudí. Arquitetura mais simples que as anteriores, contudo o museu no último andar explica toda a obra do artista.

 

DSC02186DSC02178

Clique na foto para vê-la ampliada.

 

DSC02180DSC02184

 

Como o tempo não estava a nosso favor e a fila estava enorme, preferimos não entrar na La Pedrera e deixar mais tempo para a Igreja Sagrada Família.

 

DSC02181DSC02179

 

A rua onde está localizada a La Pedrera também foi desenhada pelo Gaudí, inclusive os postes de luz. Fala aí se o cara não manda bem!

 

Igreja Sagrada Família

Templo modernista projetado por Antoni Gaudí, começou a ser construído em 1882 e até hoje está em obras. Leia mais sobre a última obra de Gaudí, o Templo Expiatório da Sagrada Família, vale a pena!

 

DSC_0107DSC_0118DSC_0126

 

É possível ficar admirando o templo durante dias e não conseguir captar todos os detalhes desta obra. Incrível broder!

 

Reza a lenda que Gaudí morreu quando, ao tentar ter uma visão mais completa das obras, foi andando de costas da calçada para a rua e um ônibus/autocarro o atropelou. #FalaSério

 

Para passear por dentro do Templo é preciso enfrentar uma fila quilométrica e pagar um ingresso um pouco salgado. Mas existe uma das várias capelas do Templo que é aberta ao público (de graça!), e lá possui uma brecha na qual é possível ver a obra de Gaudí por dentro. Veja as FOTOS da Igreja.

 

DSC02216

Viste o site oficial.

 

Na capela Nossa Senhora do Carmo (essa que é aberta ao público gratuitamente) está enterrado o Gaudí. Achei incrível a ideia de enterrá-lo na maior (e inacabada) obra de sua vida.

***

 

Finalizei minha eurotrip com um dia bastante cultural, não?! No final do dia fui para Lisboa, onde peguei o voo de volta para a labuta! #WorkingInAngola

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Barcelona: o Rio de Janeiro da Europa!

 

Depois de passar o dia no Estádio do Barça e andar Barcelona inteira, decidimos não sair para a night e fazer uma bagunça em casa mesmo. E foi nisso aí que deu…

 

Vem dançar kuduro!

 

No dia seguinte (23.07.2011), acordamos um pouco mais tarde. Tomamos um café-da-manhã mais calmo (bem diferente do resto da viagem) e partimos para a praia! O tempo ajudou bastante.

 

DSC02089

 

Seguimos a La Rambla até o final, andamos uns metros para a esquerda e voilà: Barceloneta! Esse é o nome dado para a praia localizada no bairro “de pescadores” La Barceloneta, que fica no Distrito de Ciutat Vella.

 

DSC02085DSC02092DSC02091DSC02086

 

Seria perfeito, senão fosse pelo espetacular incidente! Mas deixa para lá, já contei em outro post.

 

DSC02082DSC02083

 

E como em todo lugar de pescador, não pude deixar de desfrutar da culinária local. Comemos no Salamanca uma deliciosa paella de frutos do mar.

 

DSC02099DSC02098

 

Confira as fotos de Barceloneta e do passeio até a praia AQUI.

 

Depois do perrengue que passei, deixei de lado meu prazer por descansar e quis curtir cada segundo em Barcelona como se fosse o último. As meninas foram às compras e eu e o Frango fomos para o Parc Guell, mas isso fica para um próximo post.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Bem vindo a Barcelona!

 

Barcelona é a segunda maior cidade da Espanha e a capital da comunidade autônoma da Catalunha, localizada no nordeste da Espanha. Eles falam também o catalão, que é uma língua bem diferente do espanhol.

 

cidade-de-barcelona-3

 

Chegamos no dia 21.07.2011 de noite. Alugamos um apartamento de 2 quartos irado bem no foco turístico da cidade. A entrada do prédio não era lá essas coisas, fica num dos becos que cortam a La Rambla.

 

DSC01967DSC01968

 

Las Ramblas: Coração turístico da cidade. Começa na Plaça de Catalunya e termina no Port Vell. Dioturnamente tem apresentações de artistas de rua. Também conta com muitos serviços como balcão de informações turísticas (a 300m da Plaça Catalunya), restaurantes, bares de copas, bancas de jornais (que tem de tudo e algumas funcionam 24hrs) etc.

 

Rambla_DiaRamblas_Noite

La Rambla de dia e de noite.

 

No dia seguinte demos uma volta pela Ramblas, almoçamos por lá e partimos para o Estádio do Barça!

 

Estádio do Barcelona

 

É o estádio do Barcelona Futebol Clube, cuja a torcida é a maior da Europa, segundo uma pesquisa realizada pela empresa alemã Sport+Markt em 2010.

 

DSC01974

DSC02009

 

Não curto muito futebol, mas para quem curte é um passeio bem legal. Vai além de uma visita guiada pela arquibancada; o estádio possui um museu de sua história com muitas fotos, troféus e camisas.

 

DSC02007DSC02012

 

Veja as fotos do Estádio do Barça. Fizemos até um vídeo para ter ideia de como não é muito grande o estádio.

 

Estádio de Barcelona Futebol Clube

 

Nota sobre Barcelona: Taí uma cidade que qualquer carioca gostaria de conhecer! Tem praia, tem night e é lotada de gente jovem.

domingo, 13 de novembro de 2011

Riviera Francesa–Cassis

 

Cassis, um pequeno porto ao lado de Marselha, muito bonito e com várias praias encastradas no meio de falésias. Para ser sincero foi o local que mais gostei de toda a Riviera Francesa. Me lembrou muito Búzios.

 

cassis (1)cassis (2)

 

A ideia inicial era percorrer as praias de canoa, mas a disposição não era tanta. Fizemos um passeio de barco e percorremos os calanques. Posso dizer que é um passeio de deixar o queixo caído; que paisagens fantásticas!!

 

DSC_0926DSC_0977DSC_0993DSC_0979

 

Neste passeio não estava incluso parar nas praias entre as falésias, mas mesmo assim valeu a pena. Confira as fotos de Cassis AQUI.

DSC_0914DSC_0912

 

Depois do passeio, voltamos para o porto e partimos para as compras. O comércio local não é grande, mas para comprar souvernirs é uma ótima opção. Claro que aproveitamos para conhecer um pouco mais as poucas ruas e vielas de Cassis.

 

DSC_0028DSC_0030

 

Vimos algumas cenas bizarras…

 

DSC_0027

 

Para variar, fiz amizade com um cachorro de rua…

 

DSC_0037

 

A Angélica comprou uma pedra e mandou escrever o nome da tia nela, muito irado a máquina de grafar.

 

DSC_0061DSC_0063

 

E CLARO, paramos para degustar a culinária local!!!

 

DSC_0048DSC_0049DSC_0054DSC_0055DSC_0056DSC_0085

 

De dar água na boca, né?! Mas confesso que o Crème brûlée do Le Petit Bistrô de Luanda é beeeem melhor!!

 

Cassis foi o lugar que mais gostei da França, fato! De lá partimos para Marselha onde passamos a noite num hotel de beira de estrada, acordamos cedo… deixamos o carro alugado no aeroporto e pegamos um voo para Barcelona!!!!