sábado, 17 de setembro de 2011

Paris bombando (parte 2)!!!

 

Depois de visitar a Torre Eiffel (de dia) aproveitamos o embalo e fomos visitar o Arco do triunfo.

 

ARCO DO TRIUNFO

O Arco do Triunfo (francês: Arc de Triomphe) é um monumento, localizado na cidade de Paris, construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte, o qual ordenou a sua construção em 1806. Inaugurado em 1836, a monumental obra detém, gravados, os nomes de 128 batalhas e 558 generais. Em sua base, situa-se o Túmulo do soldado desconhecido (1920). O arco localiza-se na praça Charles de Gaulle, uma das duas extremidades da avenida Champs-Élysées.

 

DSC_0280DSC_0301

 

Não parece, mas o Arco do Triunfo tem uma altura considerável e é bem largo. A vista lá de cima só não é mais espetacular do que a da Torre Eiffel. Fotos AQUI.

 

DSC_0297DSC_0326

 

Mas atenção; o elevador é só para deficientes, tivemos que subir sei lá quantas centenas de degraus para chegar lá em cima. Até fizemos uma disputa para contar os degraus, mas eram tantos que nos perdemos. #CansativoPraCaraio

 

DSC_0306

Avenida Champs-Elysées

 

Como dito no texto acima, extraído do wikipédia, a avenida Champs-Elysées fica numa das extremidades do Arco, aproveitamos para passear por ela também.

 

Avenida Champs-Elysées

A Avenue des Champs-Élysées, em português: Avenida Campos Elísios) é uma prestigiada avenida de Paris, na França. Com os seus cinemas, cafés, lojas de especialidades luxuosas e árvores de castanheiros-da-índia, a Avenue des Champs-Élysées é uma das mais famosas ruas do mundo e com aluguéis que chegam a € 1,1 milhão (USD 1,5 milhão) por ano, por 92,9 metros quadrados de espaço, ela continua a ser a segunda avenida mais cara em imóveis em toda a Europa, tendo sido recentemente (em 2010) ultrapassada pela Bond Street, em Londres. O nome em francês Campos Elísios, faz referência ao lugar dos mortos na mitologia grega.

 

DSC_0338DSC_0346

 

Claro que todo o glamour e elitização de 40 anos atrás diminuiu muito com a popularização da avenida, mas mesmo assim são encontradas as lojas mais caras do mundo. E vários bares que as mesas e cadeiras são posicionadas para a rua. #irado

 

DSC_0347

Homenagem ao Santos Dumont

 

Comemos num rodízio japonês em uma das ruelas que cruzam a Champs-Elysées e depois partimos para o hotel. #EsseDiaCansou. Esse é um dos problemas de se viajar por longos períodos, os últimos lugares a serem visitados a disposição é bem menor. Então, deixe o melhor para o final, assim a animação virá (ou não!).

 

Fotos da Champs-Elysées AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário