domingo, 18 de setembro de 2011

Curtindo Paris!!!

Ir a Paris e não conhecer o Louvre é a mesma coisa que ir ao Rio de Janeiro e não conhecer as praias. Confesso que depois que li o Código Da Vinci, de Dan Brown, minhas expectativas aumentaram mais.

 

Museu do Louvre – 18.07.2011

O Museu do Louvre (Musée du Louvre), instalado no Palácio do Louvre, em Paris, é um dos maiores e mais famosos museus do mundo. Localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rivoli. O seu pátio central, ocupado agora pela pirâmide de vidro, encontra-se na linha central dos Champs-Élysées, e dá forma assim ao núcleo onde começa o Axe historique (Eixo histórico).

É onde se encontra a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do Egito antigo, da civilização greco-romana, artes decorativas e aplicadas, e numerosas obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Rembrandt, Michelangelo, Goya e Rubens, numa das maiores mostras do mundo da arte e cultura humanas. O museu abrange, portanto, oito mil anos da cultura e da civilização tanto do Oriente quanto do Ocidente.

 

Conheça melhor toda a história do museu do Louvre, é bem interessante.

 

DSC_0404DSC_0417

 

O museu é gigante!!! Humanamente impossível de se conhecer num dia só. Então selecione as alas que mais lhe interessam e visite-as ordenadamente. Depois de 3 horas no museu o passeio começa a ficar massante.

 

DSC_0438

 

Para quem sonha em conhecer a Monalisa, se preparem porque é o caos! Um monte de chinocas se estapeando para chegar perto do quadro. Ah… nem me fale do quadro! Mais parece uma foto 3x4 daquela sapatão da Monalisa. Esperava mais! #DecepçãoFeelings

 

Visita ao quadro da Monalisa, de Leonardo Da Vinci.

 

Tiramos várias FOTOS, mas lembrem-se que em um museu o melhor é observar!

 

Passeio de Tuk-Tuk

O tempo era curto e este seria o nosso último dia em Paris. Decidimos que nossa última visita seria a Igreja de Sacre Coeur. Apesar de não muito distante do museu, ainda estávamos com muita vontade de conhecer o Moulin Rouge, então, fechamos com um Tuk-Tuk nosso passeio até a Igreja.

 

DSC_0581

 

Passamos por alguns lugares bem legais e tiramos algumas FOTOS. E finalmente conheci o famoso Moulin Rouge. Pensei que ele era ENORME, já vi que o filme estrelado pela Nicole Kidman foi um tanto exagerado.

 

DSC_0560DSC_0570

 

O motorista nos deixou no morro da Igreja Sacre Coeur e assim continuamos nossa jornada… (termina no próximo post).

sábado, 17 de setembro de 2011

Paris bombando (parte 2)!!!

 

Depois de visitar a Torre Eiffel (de dia) aproveitamos o embalo e fomos visitar o Arco do triunfo.

 

ARCO DO TRIUNFO

O Arco do Triunfo (francês: Arc de Triomphe) é um monumento, localizado na cidade de Paris, construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte, o qual ordenou a sua construção em 1806. Inaugurado em 1836, a monumental obra detém, gravados, os nomes de 128 batalhas e 558 generais. Em sua base, situa-se o Túmulo do soldado desconhecido (1920). O arco localiza-se na praça Charles de Gaulle, uma das duas extremidades da avenida Champs-Élysées.

 

DSC_0280DSC_0301

 

Não parece, mas o Arco do Triunfo tem uma altura considerável e é bem largo. A vista lá de cima só não é mais espetacular do que a da Torre Eiffel. Fotos AQUI.

 

DSC_0297DSC_0326

 

Mas atenção; o elevador é só para deficientes, tivemos que subir sei lá quantas centenas de degraus para chegar lá em cima. Até fizemos uma disputa para contar os degraus, mas eram tantos que nos perdemos. #CansativoPraCaraio

 

DSC_0306

Avenida Champs-Elysées

 

Como dito no texto acima, extraído do wikipédia, a avenida Champs-Elysées fica numa das extremidades do Arco, aproveitamos para passear por ela também.

 

Avenida Champs-Elysées

A Avenue des Champs-Élysées, em português: Avenida Campos Elísios) é uma prestigiada avenida de Paris, na França. Com os seus cinemas, cafés, lojas de especialidades luxuosas e árvores de castanheiros-da-índia, a Avenue des Champs-Élysées é uma das mais famosas ruas do mundo e com aluguéis que chegam a € 1,1 milhão (USD 1,5 milhão) por ano, por 92,9 metros quadrados de espaço, ela continua a ser a segunda avenida mais cara em imóveis em toda a Europa, tendo sido recentemente (em 2010) ultrapassada pela Bond Street, em Londres. O nome em francês Campos Elísios, faz referência ao lugar dos mortos na mitologia grega.

 

DSC_0338DSC_0346

 

Claro que todo o glamour e elitização de 40 anos atrás diminuiu muito com a popularização da avenida, mas mesmo assim são encontradas as lojas mais caras do mundo. E vários bares que as mesas e cadeiras são posicionadas para a rua. #irado

 

DSC_0347

Homenagem ao Santos Dumont

 

Comemos num rodízio japonês em uma das ruelas que cruzam a Champs-Elysées e depois partimos para o hotel. #EsseDiaCansou. Esse é um dos problemas de se viajar por longos períodos, os últimos lugares a serem visitados a disposição é bem menor. Então, deixe o melhor para o final, assim a animação virá (ou não!).

 

Fotos da Champs-Elysées AQUI.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Paris bombando (parte 1)!!!

 

Esse dia foi sinistro, correria total. Estilo viagem de galera jovem, algo que não sou mais. Mas até que os meus joelhos resistiram. Na manhã do dia 17.07.2011 fomos ao Palácio de Versalhes.

 

Palácio de Versalhes

Resumindo: era um pavilhão de caça que depois foi transformado num dos maiores palácios do mundo. Hoje funciona como um museu histórico. Mas a história do Palácio é bem interessante, para se aprofundar mais leia AQUI.

 

DSC_0002DSC_0005

 

O lugar é simplesmente irado e monumental, veja as FOTOS. E também um dos poucos lugares que possuem aquelas escutas com tradução em português (mesmo que seja de Portugal).

 

DSC_0098DSC_0099DSC_0101DSC_0104

 

Foi preciso enfrentar uma mega fila para comprar o ingresso, e sempre com vários espertos na sede de furar e garantir um lugar mais perto. Chegar lá também não é difícil, para maiores informações clique AQUI.

 

Torre Eiffel

Nunca dei nada pela Torre Eiffel, para mim não passava de uma obra sem nexo mal acabada. Quando eu a vi pela primeira vez, achei muito pequena para o tanto que falam.

 

DSC_0138DSC_0143DSC_0156

 

Mas quando cheguei perto tive que admitir a grandeza e beleza do monumento. E isso ainda era de dia, porque à noite a Torre é espetacular. O parque em frente a Torre é excelente para um piquinique.

 

DSC_0245DSC_0246DSC_0273

 

Eu reparei uma coisa, europeu é chegado num pato. O pequeno lago ao lado da Torre é cheio de patos. Assim como os muitos parques de Londres.

 

DSC_0241DSC_0242

 

A vista lá de cima é IRADA! Vale a pena conferir todas as FOTOS da Torre. A Torre tem 3 níveis, quanto mais alto a vista da cidade de Paris fica melhor (Valor da entrada: 13,40 euros). E quem for, não deixe de vistar a Torre de dia e de noite.

 

DSC_0378DSC_0385DSC_0390

 

Mas entre a visita à Torre de dia e de noite tiveram outros passeios, mas fica para um próximo post. Até lá.

 

Ps: a história da Torre no site da Desciclopédia é hilária! Confira AQUI.

domingo, 11 de setembro de 2011

Paris – EuroDisney

 

Finalmente Paris! Uma das cidades mais esperadas da viagem. Confesso, me decepcionei um pouco. O metrô é exponencialmente inferior ao de Londres. As estações são horríveis e a impressão é que tudo fede.

 

Escadas rolantes são quase um milagre. Para os viajantes desavisados que carregam muitas malas (pesadas), se preparem! Como o intuito da viagem era curtir ao máximo, não buscamos os melhores hóteis, um bom hostel já bastava.

 

Nós ficamos no Hotel Aris nord (2 estrelas) no bairro St. Denis (uma espécie de Brooklin francês). O lugar era de dar medo! Mas pertinho da estação Gare du Nord e em poucos minutos estávamos no coração da cidade.

 

Chegamos exaustos e ainda fui ajudar a arrumar a mala da Natasha. Quase um milagre fazer caber tanta coisa em um lugar tão pequeno! rsrsrs.

 

No dia seguinte (16.07.2011) nosso primeiro destino: EURODISNEY!!!

 

DSC01531DSC01532DSC01535DSC01543

 

Apesar de infinitamente menor que os parques da Disney dos Estados Unidos, o lugar possui toda a magia Disney. Os brinquedos radicais deixam a desejar, além das filas demoradas para momentos beeeem rápidos de diversão.

 

Para variar Murphy não deu descanso: CHOVEU!!

DSC01568DSC01577

Mas não perdemos o pique!!

 

A chuva foi e voltou durante todo o dia, mas os brinquedos não pararam. Fomos visitar o parque ao lado do principal (onde tem os brinquedos mais radicais).

 

DSC01608DSC01609DSC01610

 

No final do dia (por voltas das 17h.) voltamos para o parque principal para assistir o desfile dos personagens da Disney. Uma espécie de carnaval do sambódromo para crianças. Todas as fotos desse passeio estão AQUI.

 

DSC01685DSC01699

 

OBS: Lá eles não conhecem a Disney de Paris como EuroDisney! #ficaadica

 

A noite um choppinho e um jantar de leve…

 

DSC01716

 

;D