terça-feira, 4 de maio de 2010

Rotina Angolana

Segundo dia de trabalho... estou alocado no novo prédio da Sonangol, que é o meu cliente. A galera do trabalho é muito gente fina e os usuários mega simpáticos, estou surpreso!! A folha de pagamento da Angola é super simples comparada a do Brasil. Meu roommate, Ricardo, é tranquilão e muito gente boa também, ele é consultor de outro módulo SAP, não trabalhamos juntos.

Ontem depois que cheguei do trabalho fui ao mercado com o Ricardo, lá não é muito diferente dos mercados do Brasil, só os preços mesmo. Algumas coisas são muito baratas e outras (a maioria) muito caras... um pedaço de carne custa o olho da cara!

Cheguei em casa e assisti as novelas da Globo e depois o Fantástico... é isso mesmo... o Fantástico passa segunda na Globo Internacional. Ah... e aqui também passa o Sai de Baixo e Os Normais... caralho, que maneiro!! Ainda nem estreei a piscina e a academia do condomínio, devo fazer isto hoje.

Aqui é uma mosquitada sinistra... o apartamento fica 100% do tempo todo fechado e com o ar condicionado ligado... não é a toa que a minha garganta vive ruim e o meu nariz sangrando. Por isso tenho dificuldade de dormir, meu nariz dói quando respiro. Ontem de noite e hoje de manhã ficamos sem água e sem internet. Tive que tomar banho com a água do baldão (um balde tipo lixeira grande com água de reserva que os apartamentos deixam na varanda da cozinha). Faltar água e internet de noite até de manhã não é normal, o pessoal até me sacaneou dizendo que eu só trouxe fenômenos incomuns, como por exemplo a chuva! Fazia um mês que não chovia em Luanda... e no dia que eu cheguei, adivinha!? Para quem acompanha meu blog sabe que isso é normal comigo. Hahahahhaha

Brincadeiras a parte eu tenho que agradecer muito a Deus, Ele tem me guiado por caminhos bem tranqüilos.

[fui almoçar]

Acabei de retornar do almoço, é incrível que mesmo com o céu coberto de nuvens o ar está quente e o mormaço parece que te queima como se estivesse debaixo de um sol de 40°. No trajeto até o restaurante, eu passei por várias zumbeiras (são mulheres que trocam dólar por Kwanza, que é a moeda local... aqui a maioria dos lugares aceita as duas moedas), elas te olham, te chamam, fazendo o sinal de dinheiro com a mão e um barulho com a boca igual ao que fazem quando domam cavalos... é hilário e ao mesmo tempo assustador. Ah... já falei que a coca-cola aqui é menos doce e quase sem gás? Horrível!

Já estou com celular!!! Depois passo o número para vcs... somente a Vivo consegue ligar ou mandar mensagem para cá... vale informar que o código da Angola é 244 e os celulares aqui tem 9 dígitos.

Cada dia que passa aprendo mais sobre o país e o projeto... o consultor Aumari está “a fazer” (os angolanos não usam o gerúndio) o fase in-fase out comigo e está me ajudando muito. Aqui tem consultor que já está há quase 3 anos, outros 1,5 anos... a galera aguenta ficar bem aqui... eu por enquanto estou tranquilo e não senti nenhuma diferença grotesca.

Por enquanto é só pessoal. Fui...

Um comentário:

  1. meu deus DOCEuuuuuuuuu! fiquei c medo desse nariz sangrante...kkkkkk...saudade de vc eight!!!!!!

    ResponderExcluir