quarta-feira, 3 de junho de 2009

Cristo Redentor

Dados da missão:
Local: Cristo Redentor
Data: 30/05/2009 – sábado

No dia seguinte acordamos já empolgados, tira foto daqui e dali, até com o bob esponja tiramos fotos. E os planos? Vamos correr na Lagoa! Vamos passear num sei onde! Vamos fazer num sei o que! Certa hora falei: “- Eu ainda não conheço o Cristo e nem o Jardim Botânico”. Foi quando a Paulinha, uma brasiliense, que já foi várias vezes nesses pontos turísticos falou: “- É um absurdo um carioca não conhecer o Cristo!”... então partimos pra lá...

Parecia que faríamos uma viagem, ou melhor, um piquenique... separa lanche, bolsa térmica, câmera, bebida, casaco (pois o dia estava nublado e frio) etc.








Após subirmos de carro aquela ladeira interminável, nos deparamos com um engarrafamento pro estacionamento! Pois é! Que merda, pensei eu. Sem falar no mau humor dos guardadores de carro ou sei lá como se chamam aquilo. Esses fdps acham que a gente tem culpa da pobreza deles? Porra... eu não sou gringo não... sou tão duro quanto eles... e aquele mau humor todo começou a gerar um estresse dentro do carro... a galera foi se emputecendo... e os gringos todos felizes, passavam e brincavam com a gente... acho que isso deu um up no nosso astral...


E compramos o ingresso (R$ 13), pegamos a van, depois a escada, depois a escada rolante, vimos o Cristo, descemos e acabou! Heheheh.... zuando! Mas a primeira reação que tive foi: “- É só isso? Achei que ele fosse maior!”. Acho que a minha amiga pensou na hora... “carioca fdp, trago ele até aqui pra falar isso! Vai se fudeeer” hahahahha....


E tiramos em todas as posição e paisagens que o Cristo pode oferecer.... a primeira e de prachê foi a com os braços abertos na frente do Cristo, na hora a Paulinha deitou no chão no meio daquela galera toda pra bater a foto. A minha reação na hora foi rir, mas o que ela está fazendo??? Será que ainda não se recuperou do porre de ontem?? Depois vi todo mundo fazendo e me senti idiota... tranquilo... nada muito fora do normal.


A Keidma (sim, esse é nome dela! Coitada, ela não tem culpa!) tirou várias fotos apontando pro prédio dela, aliás, não agüentava mais... me deu vontade de seqüestrar um avião e bater no prédio igual ao evento de 7 de setembro mas era capaz de ela querer tirar fotos apontando para os destroços e falando “olha ali aqueles destroços, ali ficava o prédio onde eu morava” ugrhhhh

Ah... tem um capela dentro do Cristo que toca uma música tão relaxante que dá vontade de durmir!

Nem preciso dizer que a vista de lá é FODAAAA... o Rio de Janeiro é muito lindo! Nessas horas a gente esquece da violência, do transporte precário, do trânsito, de tudo e pensa com orgulho “eu sou carioca”.

Mas é um passeio rápido... daí resolvemos visitar o Heliponto! Mas isso é um assunto para o próximo post. Até lá.